Inevitável

Olá, queridos! Faz um tempinho(Okay! Mais de um mês!) que eu não posto. Gente, eu não postei em abril! Abril é o mês do meu aniversário (sim, faço aniversário dia 03 de abril =D)! Mas para compensar: aqui está um texto que escrevi em abril! Hahahah
Espero que vocês gostem!



Então, é isso. O inevitável aconteceu. E por mais que eu não quisesse, aconteceu. Eu juro. Não foi uma escolha racional, foi sem querer. Eu não percebi e demorei a perceber, mas quando finalmente dei por mim, já era tarde demais.
Foi inevitável eu me apaixonar por você (por mais que eu não goste dessa palavra). Você, com seu sorriso fofo e conversas interessantes, seu perfume bom e seus múltiplos dons. Você não sabe o quanto é incrível.
E mesmo que, no fundo, eu ache que você não me olha do mesmo jeito que eu te olho. Apesar disso, minha imaginação me faz crer que sim. Sou eu. Sou eu para quem você dedica aquelas frases e seus pensamentos. Sou eu em quem você pensa com aquelas músicas. Mas tudo não passa de imaginação, porque, de verdade, eu não sei.
E, eu quero pensar que você se importa muito comigo, mas você não me procura nas dificuldades. Também quero pensar que somos só amigos, mas meu coração não deixa.
Sinceramente, não sei porquê você fica em silêncio quando esse assunto vem à tona ou quando gagueja com esse assunto. Algo me faz acreditar que o motivo seja eu. Mas, e se não for? E se for só você muito discreto? Muito tímido? Essas são respostas que eu não quero que sejam reais. Quero que o motivo seja eu, porque se não for, eu vou cair de cara na lama em frente a uma multidão. E eu vou me envergonhar de encontrar razão, onde não existe. Se você pudesse um dia me dizer a verdade, eu agradeceria.
Mas... e se você fizer tudo mesmo para me ver feliz? E se você estivesse mesmo me encarando lá? E se você sabe meus sonhos e minhas músicas preferidas? Tire-me desse sufoco da escuridão, por favor! Salve-me das minhas suposições!
Você é como um personagem de um livro, pelo qual era inevitável eu me apaixonar. Você parece arquitetado para eu gostar de sua presença e ansiar por suas conversas. Você faz qualquer dia ruim ser um pouco melhor. Obrigada por isto.
E, se não. Desculpa por eu interpretar sua amizade erroneamente. Desculpa, desculpa, desculpa.

Uma musiquinha de fundo para ilustrar:



E a letra:
In the morning when you wake up
I like to believe you are thinking of me 
And when the sun comes through your window
I like to believe you've been dreaming of me
Dreaming

I know 'cause I've spent
Half this morning
Thinking about the tee shirt you sleep in

I should know 'cause I'd spend
All the whole day
Listening to your message I'm keeping
And never deleting

When I saw you, everyone knew
I liked the effect that you had on mey eyes
But no one else heard the weight of your words
Or felt the effect that they have on my mind
Falling

I know 'cause I've spent
Half this morning
Thinking about the tee shirt you sleep in

I should know 'cause I'd spend 
All the whole day
Listening to your message I'm keeping
And never deleting

Beijocas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fanfics fofissimas do Percy e da Annabeth!