Timidez


Quero dizer algo,
Mas sou silenciada por vozes que ninguém conhece.
Vozes que moram dentro de mim.
Minha voz me silencia
E me diz que "não, ninguém quer ouvi-la".
Ouço os conselhos de minha própria voz.
Estou me perdendo dentro de mim.
Até onde ela me silenciará?
Ela me sufoca e angustia.
Ela me levará a loucura.
Preciso que alguém me resgate do meu próprio silêncio,
Meu próprio casulo que criei.
Digo: Há arco-íris dentro de mim,
Mas essa voz constante não deixam eles  aparecerem.
"Deixe-me, deixe-me!" eu imploro.
Ela não desaparece.
Então, eu escrevo, porque ela não pode silenciar palavras.
Palavras são tudo o que posso deixar, tudo o que ela me permite dizer.
 Achei minha própria voz nas palavras.
As palavras me tiram da minha própria prisão. Sim, elas me confortam e me ajudam a dizer o que com minha boca, ninguém quer ouvir.
E por mais que ninguém leia o que escrevo, pelo menos eu sei, que não deixei de dizer.


Marcela Gobonë

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fanfics fofissimas do Percy e da Annabeth!