Vidas perfeitas?

Eu conversava com uma pessoa quando ela me disse que uma terceira tinha “uma vida perfeita”, porque essa terceira pessoa era rica, tinha um namorado e passou na faculdade sem fazer um ano de cursinho sequer. Na hora, eu respondi que uma vida perfeita não se resumia a isso e que na verdade, “vidas perfeitas” não existiam. Depois de muito tempo dessa conversa, eu refleti sobre ela e o porquê que nós pensamos e desejamos tanto uma vida perfeita.

É um ideal. Nunca estamos bem com nossas vidas. Sempre há pelo que reclamar, sempre há tantos problemas! Quando resolvemos um, outros duzentos aparecem. É um ciclo sem fim. Olhamos para outras pessoas e pensamos que elas vivem perfeitamente. Tudo dá tão certo para os outros! “Olhe para mim! Não consigo passar no vestibular!” “Olhe para mim! Não consigo um namorado!” “Olhe para mim! Não consigo um emprego!” “Olhe para mim! Meu casamento não deu certo!” “Olhe aquela pessoa! Ela consegue tudo!”.
 Procuramos em outros a perfeição que não existe em nossas vidas. Tudo intensificado pelas mídias sociais (Ah! Adoram falar nelas!). Ou você acha que alguém vai postar no Facebook: “Hoje eu briguei com meus pais. Não foi legal. Sentindo-me: Chateado.”? Ou no Instagram: “Mais um dia sem achar um emprego. #cadêmeutrampo #souumabosta”? Não! Nunca! As pessoas só postam coisas boas do dia-a-dia. Às vezes, porque querem compartilhar sua alegria naquele momento legal, outras, para ostentar mesmo e sentir-se “a melhor pessoa do mundo”, “a mais top”, etc.
Olhamos o exterior dos outros. Vemos o que eles postam, o que eles mostram, o que eles falam, o que eles vestem, o que eles tem, mas nunca o que eles pensam e sentem, ou ainda mais, o que eles passam. A pessoa pode passar a impressão de ser a mais feliz do mundo no Facebook, mas você não sabe que ela tem problemas de autoestima e pensamentos suicidas, muitas vezes ela compartilha aquelas fotos de si mesma para que os outros mostrem que ela tem algum valor; Outra pessoa tem o melhor trabalho do mundo e as melhores coisas, mas sua família é toda desestruturada; Aquela menina na escola que tem tudo do melhor chora todas as noites, porque seus pais vivem brigando; Seu chefe parece ter tudo que você quer, mas ele tem problemas psiquiátricos. E os problemas dessas pessoas não se resumem em um tópico... Multiplique por dez, por cem! Então, teremos uma vida!


Devemos parar de comparar nossas vidas. Todos têm problemas, todos têm bênçãos. Vamos lá! Procure uma bênção em sua vida! É impossível não achar. O que devemos fazer é sempre agradecer pelo que temos, sempre. Não importa o que seja. Se você tomou banho, agradeça. Se você almoçou/jantou hoje, agradeça. Se você tem um lugar para dormir, agradeça. Não digo para esquecermos nossos problemas, mas nosso foco não tem que ser eles. Oremos pelos nossos problemas, mas acima de tudo, agradeçamos a Deus pelas nossas bênçãos. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fanfics fofissimas do Percy e da Annabeth!